01 setembro 2010

nosso certo

Amar só não basta
Sonhar só não basta
Mas não venha me dizer
Que na vida nada presta
E agora o que nos resta
É pensar na liberdade
Nos amigos do passado
E na feliz ingenuidade
E também na sanidade
Que perdemos por completo
Por viver nesta cidade
Entre o feio e o belo
Esperando um milagre
Pra viver o nosso certo
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. só os dois podem fazer esse milagre.
    o amor é da conta de quem ama!

    bjs meus, querido.

    ResponderExcluir
  2. Amor e liberdade compõem bela parceria, unindo à melodia, seus poemas formam belas canções.
    Eu sou daquelas que adoram uma boa letra musical,considero uma pobreza cultural os pleonasmos exagerados, muito utilizadas hoje em dia, um atentado ao nosso vasto e belíssimo acervo de MPB´s. Parabéns, bjs!

    ResponderExcluir