13 novembro 2010

labirinto

Incertezas, angustias, mal estar profundo da alma. Tem achado o mundo meio torto, a geração vazia, a solidão totalmente sem graça. Tem querido está em outros lugares, falando outros idiomas, sendo incompreendido pela língua e não pelo pensamento. E o duro é quando você mesmo não entende a língua do seu pensamento. É um eterno decifrar de códigos, símbolos, um montar eterno de quebra cabeças. Vive na entressafra há um bom tempo. Quando era criança gostava de brincar em um labirinto que tinha na sua cidade. Era um labirinto circular com cheiro de mijo e fezes dos mendigos que por lá pernoitavam. Mas aqueles cheiros não o atingiam, só queria correr entre aquelas paredes de concreta até a saída, e como se divertia! Hoje o cheiro o atormenta e já não acha saída alguma...
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Labirinto e entressafra..... é, talvez seja isso aqui também!bj enorme nego!saudade..... say

    ResponderExcluir
  2. pois é... mas há saída, né?!

    a vida é aquilo que fazemos dela e de nós. somos o que queremos ser. é verdade. não é blá blá blá.

    às vezes toda essa tormenta é uma pessoinha que pede ajuda... só uma mão, só um acreditar.



    believe.
    bjs meus

    ResponderExcluir