06 abril 2011

Cuidado, ta quente!

Ouvi uma história hoje vindo pra cá que me lembrou a gente. Um menino dava um buquê para uma menina e colocava nele onze rosas de verdade e uma de plástico e dizia: só vou deixar de te amar quando a última rosa morrer. E enquanto eu caminhava, pensava que meu amor por você é assim também... eterno. Sei que não faz muito sentido nada do que está acontecendo com a gente, que as vezes parece tudo uma grande bobagem. Olhe no meu rosto, não gosto de falar com você quando você fica me evitando dessa forma. Desarme, por favor. Já tem tanta coisa de ruim nesse mundo... a gente passa por tanto perrengue, tanta desilusão... e foi em você que encontrei aquilo de mais bonito. Ta... eu sei que da última vez disse coisas que não devia... sei que de alguma forma te humilhei, mas você me conhece há tanto tempo, sabe que certas vezes falo coisas sem pensar... nos momentos de raiva... sim, sim, eu sei que só você sabe a dor que sentiu... ta frio aqui fora, vamos lá pra dentro, eu faço um chocolate quente. Foi no inverno que nos abraçamos pela primeira vez, lembra? O hall do hotel... foi bonito. Te achei um anjo descendo do céu. É brega essa imagem, eu sei... mas o que posso fazer, foi como me senti... lembro do seu cheiro também... flores, você sempre me lembrará flores. Onde tem nescau aqui? Prateleira de cima... ta. Olha... não gosto quando você derrama lágrimas de dor por minha causa. Gosto quando você chora de felicidade por alguma surpresa que te fiz. Quero que saiba que de alguma forma sempre te amei, desde nossa primeira conversa... e vou continuar te amando, mesmo que essa seja nossa última... a vida é assim mesmo, altos e baixos das relações... no fundo são essas crises, esses momentos de caos que fazem com que as coisas se fortaleçam... continuar caminhando lado a lado é sempre uma escolha... eu escolhi você, quero continuar tentando te fazer feliz, e se pudesse voltar no tempo e escolher momentos para viver eternamente, com certeza escolheria todos aqueles que estive ao seu lado... eu sei que sou bobo... mas fazer o que se acredito em toda essa coisa de alma gêmea, de vidas passadas e acho que se estamos aqui ainda é porque há algum propósito. Hoje eu faço questão de perder o voo para ficar aqui com você... amor é isso, é cuidar... mas é brigar também. Ônus e Bônus. É engraçado, estava conversando com uma amiga dia desses... sim sim, ela mesma... eu sei que você não gosta dela, mas é uma boa pessoa... e ela estava falando dessa coisa de relacionamentos... quem ta solteiro quer ter alguém, quem tem alguém quer ser livre... sei lá... pensei na gente, de alguma forma estranha, louca, meio aleijada nos temos... e de alguma forma sempre queremos negar isso... queremos a liberdade do mundo, sendo que a maior liberdade experimentamos diariamente, que é o amor que sentimos um pelo outro... isso é libertador e a gente nem se da conta... liberta da dor da solidão, do abandono, de um mundo cinza, cheio de guerras e sem graça... sim, eu tenho tido uma visão pessimista do mundo, são poucas as pessoas que valem a pena... e tenho certeza que você também pensa assim... é só lembrar das diversas ligações que me fez nas madrugadas por ter sido sacaneada por alguém, por ter notado de alguma forma a mesquinharia do mundo. Aquela nossa amiga mesmo, quem diria... me lembra algum roteiro de filme bem tosco. Falando em filme, assisti novamente Antes do Amanhecer, prefiro esse... de alguma forma passa aquela sensação de que o amor é possível... no Antes do Por do Sol a gente percebe que não foi, que deu errado aquele encontro e a história só vai ser concluída anos depois... não sei se temos todo o tempo do mundo assim, mas dizem que o amor não tem pressa né... o meu tem... quero vivenciar diariamente o amor em sua plenitude... você está tão quieta, magoada ainda, eu sei... me de um abraço... o que nos salva é isso, essa energia que sentimos toda vez que estamos juntos, como se fosse a primeira vez... ih! Esqueci o chocolate no fogo, vou pegar... cuidado, assopra que ta quente!
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. SUSPIROS...
    SUSPIREI!!!
    esse seu texto é uma Suspensão....nem da pra dizer lindo, pq é muito mais que isso!!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, o texto está simplesmente lindo, doce e gostoso de ler.
    Muito brigada por me passar uma dose de amor por suas palavra.
    Adorei esse blog, virei mais vezes.

    ResponderExcluir