01 novembro 2011

Primeiro de Novembro

E é em novembro que as coisas começam a mudar aqui dentro. Vislumbro dias mais leves e frescos. Flores nascem no canteiro do condomínio. Acordar já não é um martírio. E uma certa esperança floresce novamente. É sempre nessa época do ano que alguma coisa muda em mim. Talvez seja a proximidade com o aniversário, talvez tenha alguma coisa a ver com os astros ou com a própria estação das flores. Há umbom dia estampado em meu rosto para cada trabalhador da metrópole que não silencia. O trocador do ônibus, o caixa do super mercado, os funcionários do restaurante de onde almoço todos os dias. O de sempre, perguntam. O de sempre, respondo. O caminho se torna menos solitário. Há um bom dia para os cheios de ideologia na ocupação da Cinelândia. E para aqueles que passam desesperançados pensado que tudo é uma grande bobagem. Sorrisos, poesias, abraços em desconhecidos. Respira-se um novo ar, respira-se novos possíveis amores, respira-se a possibilidade de se apaixonar novamente pela mesma pessoa ou por uma outra. E junto floresce aquela vontade de fazer diferente. E quando chega com a chuva como na noite passada levantando poeira na cidade e lavando as ruas sinto também minha alma sendo lavada. E então me fortaleço para os próximos meses e para os fins de tardes intensos do verão tropical que logo logo chega...

E que o novembro faça nossas vidas valerem a pena!
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Amém!
    Que realmente novembro seja assim tão cheio de esperanças e mudanças boas.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Poxa cara, muito bom o blog, parabens mesmo, estou te seguindo.

    Quando tiver um tempo passa lá no meu tbm...
    http://essenciaego.blogspot.com/

    Abrção

    ResponderExcluir
  3. Adoro pessoas que escrevem de dentro pra fora...

    Beijos...

    http://www.vivendoemportugal.blogspot.com/

    ResponderExcluir